Whatsapp 13 99208-1607 | Mail: dpantunes@danielpenteado.com.br



Idylio Matheus Martins Santos | Mestre Idylio | Santos - São Paulo - 1975


Idylio Matheus Martins Santos ( Mestre Idylio como é conhecido nas rodas de Capoeira ) nasceu em 20 de Fevereiro de 1975 na cidade de Santos no Estado de São Paulo, filho de José Valter Batista Santos ( Mestre Valtinho da Senzala ) e Maria Lúcia Martins Santos.


Idylio é pai de três filhas Brunna, Brenda e Bianca, seu primeiro contato com a Capoeira foi ainda na infância aos treinos e apresentações da Associação de Capoeira Senzala de Santos onde seu pai era uns dos capoeiristas que puxava os treinos e na ausência do Mestre Sombra e ao passar dos anos quando começou a despertar um interesse maior pela capoeira.


Seu pai o levou para treinar com o Mestre Deraldo na Associação de Capoeira Raízes de Angola porque nessa época não tinha quase crianças na Senzala e por outro lado na Raízes de Angola do Mestre Deraldo já existia um trabalho com crianças e ficou por lá até 1984 quando Mestre Valtinho abriu sua academia Associação de Capoeira Valtinho da Senzala treinou até 1986 onde foi para a pratica do Judô por influência de amigo de infância e voltando para capoeira aos 1990 após ter feito uma pesquisa para um trabalho escolar sobre a Capoeira e Maculelê onde veio a despertar novamente o que estava adormecido e onde se encontra até os dias de hoje desde então nunca parou com a pratica.


Iniciou um trabalho com Capoeira em 1998 no ADC-Eletropaulo em Santos vindo mais tarde criar um projeto com crianças do Bairro do Jabaquara no próprio ADC onde a Associação de Capoeira Valtinho da Senzala veio se ajuntar e ficando por lá até 2008 onde foi encerrado o projeto.


Desde 2002 Mestre Idylio viajou por vários anos pelo menos 2 vezes por ano sempre em Janeiro e junho para o estado da Bahia para realizar pesquisas e entrevistas com vários Mestres Baianos em Salvador, Arembepe, Santo Amaro, Saubara e outras cidades. Os Mestres que teve contato foram João Pequeno, Pelé, Pelé do Tonel, Brandão, Diogo, Curió, Jararaca, Jogo de Dentro, Bigodinho, Gerson Quadrado, Felipe, Fernando de Pastinha, Carcará, Adó, Raimundo Dias dentre outros e em especial ao Mestre Lua de Bobó que foi a sua referencia e apresentou à todos e muitas vezes ia junto as casas dos mestres e participava dos bate papos e pesquisas.


Mestre Idylio já esteve em varios países do Exterior para divulgar a capoeira e as tradições culturais da Baixada Santista para o mundo.




Todas as Fontes Internet

Volta a Biografia

Volta ao Topo



Comentários e Sugestões

foxyform
Pesquisar No Site


Video Mestre Idylio

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player